62 3576-2268 | 3293-1993 faleconosco@faculdadesfanpadrao.com.br

Local disponível: Dergo.


MATRIZ CURRICULAR FAZER INSCRIÇÃO

Opera equipamentos de diagnóstico por imagem que produzem radiografias convencionais ou digitais, empregados na área médica, na industrial e de engenharia.

 

Este tecnólogo opera equipamentos de diagnóstico por imagem que produzem radiografas convencionais ou digitais, usados tanto na área médica quanto na industrial e de engenharia. Na Medicina, as imagens ajudam a identificar alterações e patologias em órgãos internos do corpo, em exames de raios X ou de ressonância magnética, por exemplo. Em Engenharia, o tecnólogo usa os aparelhos para rastrear estruturas metálicas e tubulações de edifícios escondidas sob o concreto ou a fuselagem de aeronaves, com o objetivo de localizar e corrigir defeitos na construção de aviões.

Na indústria farmacêutica e na alimentícia, esse profissional atua com físicos e engenheiros de alimentos na operação de fontes radioativas empregadas na esterilização de medicamentos e alimentos. Ele pesquisa melhorias na qualidade das imagens e a segurança dos aparelhos. A fim de exercer a profissão é necessário fazer o registro no Conselho regional de Técnicos em radiologia.

Mercado de Trabalho

A maior parte dos tecnólogos atuam em laboratórios de análises clínicas e hospitais. É que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Ministério da saúde, recomenda a contratação de profissionais com essa formação a fim de garantir a qualidade dos serviços de diagnóstico por imagem e a segurança dos pacientes e de quem opera as máquinas. Outro motivo para o bom momento do setor é a popularização dos planos de saúde, que fez crescer a procura por exames como mamografia, ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Houve impactos positivos também na radiologia odontológica e na área de radiologia industrial. Este profissional pode trabalhar em setores como papel e celulose, petrolífero, automobilístico, aéreo, naval e civil. Outra área em expansão é a radiologia veterinária. Até há alguns anos, essa tecnologia era mais usada em fazendas para atendimentos a animais de grande porte, mas hoje é comum em clínicas e hospitais veterinários em centros urbanos para atender animais de pequeno porte.

Curso

O curso começa com disciplinas como biologia e anatomia. As áreas de informática e gestão ocupam boa parte da carga horária. Estudam-se competências para realizar exames de radiologia convencional, tomografia computadorizada e mamografia, entre outros. Há um terceiro grupo de disciplinas, relacionado com a física radiológica, em que se ensinam as propriedades da radiação que viabilizam a produção da imagem e a aplicação de campos magnéticos. O trabalho de conclusão e o estágio são obrigatórios.

Duração do curso: 3 anos.

Parcelas a partir de 484,00.

©2018 - Faculdades FAN Padrão - Todos os direitos reservados.